• 0
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 0
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 0
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 0
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 0
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
    • 0
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    • 6
    • 7
    • 8
    • 9
  • Hora Atual
  • No Ano
  • No Mês
  • No Dia
  • .

  • As doenças cardiovasculares foram as principais causas de óbitos nos últimos 10 anos no Brasil.
  • As doenças cardiovasculares foram responsáveis por 3.153.175 óbitos no Brasil de 2004 a 2013.
  • As doenças cardiovasculares representam cerca de 29% dos óbitos do Brasil de 2004 a 2013.
  • O Infarto do Miocárdio foi responsável por 9% dos óbitos no Brasil nos últimos 10 anos.
  • O Acidente Vascular Cerebral (Derrame) foi responsável por 9% dos óbitos no Brasil nos últimos 10 anos.
  • As doenças cardiovasculares são responsáveis pelo dobro de mortes causadas pelas neoplasias (Cânceres).
  • As doenças cardiovasculares são responsáveis por 2,3 vezes mais mortes do que as causas externas ( acidentes e homicídios, agressões, etc).
  • As doenças cardiovasculares são responsáveis por 3 vezes mais mortes do que as doenças respiratórias.
  • As doenças cardiovasculares são responsáveis por 6,5 vezes mais mortes por infecções incluindo a AIDS.
  • As doenças cerebrovasculares, incluindo o derrame, foram responsáveis por 100.050 óbitos em 2013, no Brasil.
  • As doenças isquêmicas do coração, incluindo o infarto, foram responsáveis por 106.788 óbitos em 2013, no Brasil.
  • As doenças hipertensivas foram responsáveis por cerca de 50.000 óbitos em 2013, no Brasil.
  • Adote uma dieta rica em frutas, verduras,legumes e grãos
  • Uma alimentação rica em fibras ajuda a reduzir as taxas de colesterol
  • Uma vida menos estressada diminui o risco de infarto e reduz o colesterol
  • A prática de exercícios físicos reduz os níveis de colesterol no sangue
  • Opte por mais peixe grelhado ou assado e menos carnes fritas
  • Previna-se desde agora! A incidência da hipertensão aumenta com a idade
  • A hipertensão não tem cura, mas pode ser controlada com tratamento. Procure seu médico!
  • Mexa-se! A prática de exercícios físicos contribui para o controle da pressão arterial
  • Manter o peso e evitar bebidas alcoólicas é ideal para o controle da pressão arterial
  • Tenha uma alimentação saudável. Diminua o sal
  • Pressão arterial acima de 14 por 9 caracteriza o Estágio I da hipertensão. Seja 12 por 8!
  • O tabagismo é a maior causa isolada evitável de adoecimento e mortes precoces no mundo
  • O hábito de fumar não traz prejuízos apenas para o fumante, mas para a família também
  • A fumaça possui cerca de sete mil elementos químicos, sendo alguns desses cancerígenos
  • Praticar exercícios físicos ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue.
  • A atividade física é essencial no tratamento do diabetes
  • O sedentarismo é um dos fatores de risco para o diabetes: movimente-se
  • Mantenha um bom plano alimentar para evitar o risco de diabetes
  • Controle a glicemia antes e depois da prática de exercícios e perceba os benefícios
  • Diabetes sem tratamento pode causar outras doenças, incluindo AVC e infarto
  • Encare a vida com bom humor: evite o estresse
  • Evite o estresse com atividades físicas, mentais e recreativas
  • Para eliminar o estresse, respire de forma lenta e profundamente
  • Cuide do seu coração: fuja do estresse
  • Tenha uma alimentação rica em cereais integrais, vegetais e frutas para escapar do estresse
  • O sedentarismo é a causa de doenças como a hipertensão, diabetes e aumento de colesterol
  • A prática de exercícios ajuda a manter ossos, músculos e articulações saudáveis
  • A atividade física proporciona aumento de energia e bem-estar. Mexa-se!
  • Não fique parado: o sedentarismo é a segunda maior causa de mortes no mundo
  • Caminhadas diárias de 30 minutos são uma boa opção para começar. Vamos andar?
  • Prefira escadas a elevadores: pequenas mudanças diárias trazem benefícios à sua saúde
  • Combine uma alimentação equilibrada à prática regular de atividades físicas


Sobre o Projeto

Para realizar os cálculos das mortes por doenças cardiovasculares foram coletados os dados dos óbitos por doenças do aparelho circulatório, capítulo IX da 10ª Classificação Internacional de Doenças (CID10), no site do DATASUS/MS(*), para os anos de 2006 a 2014.

Posteriormente estimou-se, através de um modelo de regressão linear, a ocorrência dos óbitos referentes aos anos de 2015 e 2016, que não estão disponíveis no site do DATASUS/MS.



(*) Ministério da Saúde. Secretaria Executiva. Datasus. Informações de Saúde. Morbidade e informações epidemiológicas. [Acesso em 2015 nov]. Disponível em: http://www.datasus.gov.br.




SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA NA REDE

SBC SEDE RIO DE JANEIRO

Av. Marechal Câmara, 160 | 3º andar | Centro | Rio de Janeiro
CEP: 20020-907 | Tel.: (55+21) 3478-2700
E-mail: sbc@cardiol.br | Expediente: 08h00 às 18h00 | (Horário de Brasília)

Sociedade Brasileira de Cardiologia | Todos os Direitos Reservados © Copyright 2015 | Sociedade Brasileira de Cardiologia | tecnologia@cardiol.br